Toddlers & Tiaras - Opinião

|
Adoro o TLC, a tv do meu quarto está quase sempre neste canal, nem que seja para fazer barulho de fundo. Acho que gosto de todos os programas excepto dois: Honey Boo Boo (fica para outro post) e o Toddlers & Tiaras, que consegue repugnar-me ainda mais.
Primeiro que tudo, acho que o nome deste programa deveria ser Toddlers & No Childhood (Crianças sem infância, numa tradução livre) em vez de Toddlers & Tiaras (Crianças e Tiaras).
Existem várias razões pelas quais o programa me deixa enojada, mas as principais são o facto de os próprios pais, principalmente mães, vestirem e maquilharem as filhas de 3,4 e 5 anos como mulheres adultas. Mais concretamente, como (desculpem o termo) galdérias... 
A semana passada tinha a tv ligada e estava a dar o programa e, juro, fiquei chocada quando vi uma menina, não tinha mais que 5 anos, EM LANGERIE, com meias-liga e tudo. Entre roupas espalhafatosas, maquilhagens que transformam rostos de crianças em rostos de mulheres, dentes falsos, unhas postiças... há também toda a atitude. Há coreógrafos ou então são as próprias mães a treinarem as filhas para se insinuarem em palco, a quase namoriscarem com o júri, imitando em muitas coreografias comportamentos que até em mulheres adultas seriam questionáveis.
No começo do programa parece que as crianças até gostam daquilo, mas não há um programa em que não hajam crianças a chorarem e dizerem que não querem fazer aquilo, crianças com ar exausto das horas de cabeleireiros e maquilhagens e algumas até a dizerem que têm fome (ao que os pais quase sempre respondem que não podem comer, pois estão prestes a subir ao palco).
Fora isto, como se não fosse já motivo mais que suficiente para detestar o programa, há que pensar ainda em que tipo de valores estas mães estão a incutir às filhas. Basicamente, estão a dizer-lhes que para serem bonitas (pois só assim têm hipótese de ganhar) precisam de 3kg de maquilhagem, extensões e unhas falsas. Acredito que todas estas mães sejam, na realidade, frustradas com a sua própria imagem e tentam assim, através das filhas, projetar o que elas gostariam(?!) de ser... O que continua a ser triste.
Estas crianças, e quaisquer outras, deveriam ser isso mesmo. Crianças. Deviam brincar com barbies, com casinhas, com nenucos, correr, saltar... brincar. Serem crianças. Há muito tempo para se ser adulto. Acho que a nossa infância é algo tão precioso, algo que nunca poderemos recuperar, que parte de mim fica demasiado irritada ao pensar que estas meninas não têm essa hipótese, a de serem realmente crianças, de poderem rebolar no chão e sujar-se, de usar roupas de criança, confortáveis e de crescerem a seu tempo. Não podem. Porque as mães, aquelas que deveriam protegê-las, estão mais preocupadas em usa-las como um objecto de competição, para ganharem tiaras, dinheiro e aliviar as suas frustrações...


A sério, sou só eu que não acho isto normal?
E estas imagens nem são nada de especial, comparado com o que se vê durante o programa.

17 comentários:

  1. Telma, isso é um absurdo, perder a infância desse jeito, abomino esse tipo de programa!! Cada dia mais as pessoas apelam para a audiência e brincam com o psicológico da criança. Pior, são as mães dessas crianças deixarem um absurdo deste!!

    Mil beijos e bom carnaval!
    http://blogdmulheres.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo! O pior são mesmo as mães, que perdem a noção das coisas! Acho que acabam por ensinar valores errados aos mais pequenos.

      Beijinhos e bom carnaval (ai no Brasil deve ser bem melhor, nem que seja pelo calor! ahah)

      Eliminar
  2. Se as crianças mostrarem interesse nesta área e quiserem experimentar, acho que os pais fazem bem em investir, mas como em tudo na vida são os exageros que acabam com as coisas. Cheguei a ver alguns episódios e não consigo perceber como é que se sujeitam crianças a tanta pressão, isso não é saudável. Até pode achar divertido ao início, mas depois os valores alteram-se todos e a ganância de ganhar é tanta que os pais esquecem-se do que é melhor para os seus filhos.

    r: Somos duas :) é um jogo tão simples, mas divertia-nos durante horas

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, claro, quando a criança mostra interesse concordo. O problema é que neste programa os pais perdem a noção e tudo gira à volta da obsessão em ganhar, de uma forma que não creio ser nada saudável para os mais novinhos!

      Beijinhos

      Eliminar
  3. Só digo que isto é culpa é dos pais e da educação que eles tiveram e estão a dar às filhas. A actualidade agora anda a caminhar pó degredo, que horror.
    Beijinho
    http://adonadasushi.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha disseste tudo, estas gerações são mesmo isso, um degredo completo!
      Beijinhos :)

      Eliminar
  4. As miúdas maior parte das vezes são o que as mães ou pais querem que elas sejam. Eu vi uma vez... E porra nunca mais.

    Beijinho do,
    Oito

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, basicamente parecem as barbies humanas das mães... tenho é pena das crianças.
      Beijinhos

      Eliminar
  5. Fiquei surpreendida com isto. Acho que as crianças precisam de se divertirem, de serem mesmo CRIANÇAS, CORRER , SALTAR, ETC. Os pais muitas vezes pensam estar a fazer o mais correto , mas esquecem-se de ouvir os filhos
    beijinhos

    new post
    http://sarameirelesthesnowwhite.blogspot.pt/2015/02/dont-give-up_12.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também acho que as crianças devem brincar, correr, sujar-s, divertirem-se e não estarem preocupadas em trazerem um prémio de não sei quantos dólares para casa, devido à ambição e ganancia dos pais.
      Beijinhos (vou ver os post novos!)

      Eliminar
  6. Também não acho nada normal. Pra mim, isto é o resultado de mães frustradas que transpõem o que não podem fazer pras filhas. E o resultado é esse.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como disse aqui acima noutro comentário, parece que transformam as filhas nas suas pequenas barbies reais, reflexo daquilo que elas queriam ser e não podem.

      Eliminar
  7. Também não acho nada normal. Pra mim, isto é o resultado de mães frustradas que transpõem o que não podem fazer pras filhas. E o resultado é esse.

    ResponderEliminar
  8. AH! E a Mô escreveu sobre este programa também deixo-te aqui o link: http://www.newintown.pt/cronica.php?id=1830

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois foi, eu vi no mesmo dia em que publiquei o post ahah o engraçado foi que já andava com este post aqui agendado há não sei quanto tempo e no dia em que foi publicado no blog, vi também o texto da Mô a falar da junk tv ahah :)

      Eliminar

A sua opinião é importante!
Deixe a sua opinião nos comentários :)

Google Analytics Alternative