Hoje é o nosso dia!

|
Ontem às 2h da manhã:
ele - Tenho uma careta nova para te mostar, tive ali no wc a treinar e arranjei uma mesmo boa.
eu - 'Tas a gozar? Tiveste no wc a treinar caretas? (riso perplexo)
ele - Sim e arranjei uma muita boa, queres ver? 
eu - (risos) okay, mostra lá!
[Faz a careta, rimos os dois]
ele - Então, não é muita boa? A cara fica muita diferente, não fica? Faz lá também, anda, vamos ao wc fazer os dois em frente ao espelho!
[Fomos ao wc, fizemos a tal careta, partimo-nos a rir, repetimos]

-----------------------------------

Hoje é o nosso dia. Há seis anos que o dia 22 é o 'nosso'.
Há seis anos, neste dia, encontrámo-nos no metro e tudo mudou. Uma aventura, um bocado maluca, que nem eu, nem tu esperámos que se tornasse séria. Era tudo a brincar.
A nossa história é surreal, coisa de filme de adolescentes, quando a contámos aos nossos amigos, a maioria ficaram perplexos... realmente, que maluquice, a melhor de todas até hoje.
Hoje faz seis anos que estamos juntos. Há seis anos que começámos a namorar. Há seis anos que conheci o meu melhor amigo, confidente, apoio, o meu maior cúmplice!
Nunca pensei que fosse possível encontrar alguém que, mesmo com algumas diferenças, conseguisse completar-me assim. Nunca pensei que fosse possível encontrar alguém que me aceitasse e gostasse de mim exactamente pelo que eu sou, com todas as minhas qualidades e defeitos... o meu mau feitio, a minha teimosia, a minha preguiça e as minhas inseguranças... e que tivesse paciência para tudo isso.
Até hoje passaram seis anos, dois mil cento e noventa dias... Dito assim parece uma eternidade, passaram a correr, mas parece que realmente nos conhecemos há muito, muito mais do que isso. Seis anos passaram e nós passámos também por muitas coisas, muitos momentos bons, alguns não tanto, mas o mais importante é que estamos sempre juntos a sermos o porto um do outro, quando o outro mais precisa.
Tinha um texto bonito e lamechas sobre o dia de hoje, mas achei que o acontecimento da madrugada era mais apropriado à ocasião para começar o texto, porque é assim que nós somos... parvos!
Obrigada por me fazeres rir, por aturares o meu mau feitio de vez em quando e por me fazeres passar vergonhas cada vez que me ofereces flores em sítios públicos, que geralmente envolvem uma plateia a bater palmas ou persuadir a senhora do café a esconder o ramo para mo entregar ao almoço! 
Como não te ofereço flores, ofereço-te este texto, também é num local "público", para toda a gente ver, também tenho direito a envergonhar-te um bocadinho! 


Amo-te, totó!


4 comentários:

  1. A música muito apropriada para um momento muito romântico e muito giro!
    MUITOS PARABÉNS!! E que se repercutam por muitos e muitos mais sempre assim: muitos felizes!

    - Ela e Ele, do blogue de casal.

    ResponderEliminar
  2. Muitos parabéns! Que tenham mais momentos assim, parvos, que só existem porque o amor e a confiança são maiores que tudo o resto: Sejam muito felizes :)

    ResponderEliminar
  3. Que lindo. Eu e o meu noivo também começamos com uma mera aventura... e agora somos noivos.
    Lindo texto e linda mensagem. O Amor existe para todos :)

    ~ Carla'C
    Coisinhas da Carla'C

    ResponderEliminar

A sua opinião é importante!
Deixe a sua opinião nos comentários :)

Google Analytics Alternative