Sobre as touradas...

|
Desde miúda que me lembro de se ver touradas na tv. Na minha família, pelo menos no circulo mais próximo, não há aficionados, nunca houve o hábito de ir às praças, mas quando passavam na tv, ocasionalmente, viam.
Já em miúda me lembro que as única coisa que apreciava nas touradas era a beleza dos cavalos, sempre fui apaixonada por cavalos. Ficava com pena quando espetavam o touro e ficava com pena quando, uma vez ou outra o cavalo levava umas cornadas, coitado, não tinha culpa nenhuma. As partes da tourada que me deixavam mais feliz, eram quando o touro se podia vingar um pouco, quando as pegas corriam mal, quando o cavaleiro caia e levava umas cornadas, isso sim, fazia-me rir.
Hoje, com 25 anos, não vejo touradas. Não é apenas uma questão de gostos. Acho que deviam sem proibidas e ponto final.
Há sempre quem goste de usar a desculpa da "tradição", mas se há coisa que sabemos é que há tradições e tradições. Há tempos, soube-se da tradição da queima do gato e muita gente ficou revoltada (eu incluída), o gato é um animal doméstico que muitos têm como companheiro nas suas casas. A vida tem-me ensinado que, com a convivência desde cedo, qualquer animal pode ser "doméstico", sendo que o que nós consideramos "doméstico" não é andar por casa, mas o acto de ser "domado" pelos humanos, de ser submisso. Se um gato for criado na rua, um gato vadio, dificilmente será submisso, aceitará festas ou deitar-se-á no nosso colo, mas se for criado, desde novinho, por pessoas, fará tudo isto e muito mais. Pensam que é diferente com outro animal, com os touros, por exemplo? Então vejam este video:



ou este:
   

Então ainda acham que os touros são animais insensíveis? A mim, o primeiro video fez-me lembrar, em muito, o comportamento de alguns dos meus cães quando brincam. Qualquer animal, criado junto de humanos, com amor e respeito pode ser assim, companheiro (não acreditam, pesquisem no youtube, desde leões, cabras, ovelhas, touros, patos ou galinhas).
Se temos leis relativas à violência contra animais, porque raio ainda é exibida em televisão nacional este espectáculo de violência contra um animal? Porque é permitido que crianças assistam? E porque é que estas transmissões são pagas com o meu dinheiro e de tanta outra gente que detesta isto?
Nos últimos dias, tem-se falado muito do caso do toureiro espanhol Jimenéz Fortes, que pela segunda vez, em menos de três meses, sofreu duas cornadas do pescoço ao crânio. Muitas pessoas ficaram chocadas e indignadas com a partilha da imagem do toureiro a ser ferido pelo touro. Engraçado.

Então, isto é chocante:

Mas isto não é?

E isto também não?

Não é mesmo?

A meu ver, todas elas são chocantes. Reflexo de tradições hediondas. No entanto, não posso negar que sinto mais compaixão pelos touros do que pela minha própria espécie, da qual me envergonho em situações como esta. O touro não está ali porque quer, para se divertir a dar umas cornadas nuns toureiros idiotas ou nuns forcados parvos. O touro não está ali para ser espetado porque é sadomasoquista e tem prazer com isso. O touro é forçado a estar ali, é provocado e o seu instinto animal responde às investidas, numa tentativa falhada de se defender.
Os toureiros, os forcados, os bandarilheiros estão lá porque querem. Assim como está a plateia, a aplaudir cada vez que o touro é espetado. Estão porque querem. Porque gostam de espectáculos sangrentos, porque gostam de causar sofrimento a um animal que está ali obrigado, para fazer o deleite de mentes retrógradas. 
Se eu tenho pena quando vejo um touro ser espetado, a esvair-se em sangue numa praça de touros a ser humilhado? Sim tenho, deixa-me arrepiada, mal disposta, agoniada.
Se tenho pena quando vejo um toureiro, um forcado a ser ferido numa praça de touros? Lamento, mas não. Não tenho pena, não me incomoda, nem sinto a mais pequena pinga de compaixão. Até me sinto ligeiramente rejubilante. Se tenho pena do Jimenéz, ou se me fez impressão ver aquela foto? Não, de forma alguma. Se tenho pena dos forcados, coitadinhos, que ficam aleijados por causa de uma pega que correu mal? Nem pensar... Porque haveria de ter pena ou compaixão? Eles não estão lá porque querem? Não são por opção? Talvez para se sentirem mais viris, coisa que de outra forma talvez não sejam capazes de o fazer? Porque haveria eu de ter pena de terem sido feridos, ficarem incapacitados ou morrerem? Não tenho, desculpem! 
Só tenho pena que animais, que não pode escolher estar ali ou não, continuem a ser deliberadamente usados para este tipo de espectáculos, sejam torturados em praça pública e isso continue a ser incutido aos mais jovens, que lhes seja incutida a violência contra os animais e que não faz mal porque "é tradição", isso sim, incomoda-me e muito!
A minha sugestão, é deixarem os touros quietos e colocarem uma praça com um grupo de homens em que uns se espetem aos outros. Olhem, forcados contra forcados ou toureiro contra toureiro, uma coisa tipo à gladiadores ou assim. Assim, pelo menos, os idiotas que precisam sentir-se mais homens podem lutar de forma mais equilibrada, com outros idiotas da mesma espécie e que ali estão por vontade própria.
É isto. Tenham um bom domingo!

8 comentários:

  1. Nunca vi uma tourada nem largada ao vivo, porque não quis e nem quero. Sou do concelho da Moita e bem se sabe que por aqui existe muito a tradição dos touros, mas eu não sou fã! Não consigo perceber qual é a piada, sinceramente. Mas à gostos para tudo. Agora uma coisa é certa, o bicho (touro) não tem culpa de nada, nada mesmo! Só se mete com ele quem quer. Claro que é quase garantido que alguma coisa vai correr mal para alguém. Mas penso que quando se arriscam assim já devem contar com isso. Mas faz-me confusão ver algumas cenas. Cada um faz o que quer da sua vida e gosta do que quer, mas o que é certo também é que todos os anos voltamos ao mesmo tema e não chegamos a conclusão nenhuma!
    Bom domingo!! ;)
    The Girl In Jeans * Facebook * Instagram * Google+

    ResponderEliminar
  2. Detesto. Isto é tortura! Os ferros que lhes espetam causam-lhes dores horríveis! até quando lhes pousa uma mosca eles abanam logo com o rabo, porque são animais que têm muita sensibilidade. Os touros até podem ser animais violentos, mas na minha opinião deveriam andar a vontade nas herdades...As touradas deviam ser proibidas! A única coisa que gosto é de ver os cavalos mais nada! Detesto ver as pessoas aplaudir quando lhes espetam ferros...enfim, gente medíocre no meu ponto de vista!
    beijinhos
    http://mypreciouspace.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. Nunca vi touradas, nem faço questão. A desculpa da tradição não me convence, até porque há outras bem mais importantes que se começam a perder e ninguém se preocupa!
    Isto é um ato desumano, que devia ser banido.

    ResponderEliminar
  4. r: Fico contente por teres gostado :) tem mesmo!

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  5. Cá está alguém com os ditos "tomates" que é o que devia haver mais no nosso país!! Porque isto é tudo menos tradição, menos normal. Querem tradições? Então metam-se dentro de arenas e matem-se uns aos outros que isso era divertimento com consenso, não isto! Os animais não têm outra opção senão morrer e sofrer ao máximo.
    Um bem-haja por chamares a atenção para estes actos indiscutivelmente crueis!

    - Ela e Ele, do blogue de casal.

    ResponderEliminar
  6. Tradição.... Chama-se a isto tradição, magoar animais a sério, mais vale matarem logo o bicho de uma vez do que ele andar a ser magoado aos poucos.
    O povo Português é estúpido e burro como sempre foi, e irá continuar a ser pois é normal existir touradas. É deveras engraçado ver um animal a sofrer, é realmente ... Lá está o que eu gosto de ver é as pessoas serem esmagadas, aleijadas e levarem cornadas dos animais para verem o que dói e o quanto é bom serem gozadas. Cambada de atrasados.

    Beijo*
    www.wordsofsophie.com

    ResponderEliminar
  7. É mesmo uma tristeza como o ser humano tem, ao longo dos anos, escravizado os animais para tirarem proveito seja financeiro ou de entretenimento... E é uma tristeza ainda maior que tradições como estas estejam vivas.
    Ótimo post querida Telma!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Eu detesto isso, não suporto ver e não sei como há tantas pessoas doidas por isso. É simplesmente horrível. Sem dúvida que deveriam acabar com isso.
    Adorei o post.
    Beijinhos

    http://thegoldprint.blogspot.pt/

    ResponderEliminar

A sua opinião é importante!
Deixe a sua opinião nos comentários :)

Google Analytics Alternative