UPDATES | Tirei a carta

|
Hellooo!
Desculpem a minha ausência aqui do blog, mas foi por um bom motivo, como já viram pelo título, tirei a carta! Eu sei, eu sei... Ninguém sabia de nada, era segredo. Só os meus pais, o João e os meus avós sabiam. Foi uma surpresa para toda a gente. Depois vou contar-vos em posts divididos a minha experiência mais em detalhe. O post de hoje é mais um update em modo de agradecimento.
Este grande segredo que era um sonho que tinha desde miúda, realizou-se por fim este ano e deve ter sido a melhor coisa que me aconteceu em 2015, que não foi um ano nada fácil.
Acima de tudo, tenho que agradecer aos meus avózinhos, Adelaide e António, que me ofereceram a carta de condução e me vão emprestar um popó. Muito obrigada por me darem este grande presente e, sem terem bem noção do quanto isso representava para mim, me ajudarem a realizar um sonho: tirar a carta.
Os meus pais e o João também tiveram um papel importante, por me ajudarem a manter a calma, porque eu estava sempre muito ansiosa, para conseguir fazer tudo bem à primeira e consegui. No dia 8 de Junho passei no exame teórico sem errar uma única pergunta. No dia 20 de Novembro fui a exame prático pela primeira vez e fui aprovada e consegui finalmente a carta. Os meus pais responderam a todas as minhas perguntas e dúvidas sobre conduzir, mesmo as perguntas mais parvas, e sempre me foram dando aquele apoio do "vais ver que consegues" que, parecendo que não, me tranquilizou bastante.
O meu avô, que um dia me levou para um terreno "descampado" para treinar o ponto de embraiagem e que teve uma paciência desgraçada para mo ensinar. Nunca mais falhei!
E depois o maior responsável pela minha evolução enquanto condutora, o meu instrutor. O instrutor Mário, que durante estes meses de aulas de condução foi incansável e teve uma paciência que eu não teria (risos). Muitas das vezes ia para as aulas tão ansiosa e nervosa a pensar no exame e em como queria muito fazer tudo à primeira, que isso acabava por me atrapalhar mais do que ajudar. Aprendi muito mais nas aulas de condução do que em todo o código, mas acho que é normal. 
Tive a sorte de me calhar um instrutor simpático e divertido, as aulas de condução acabavam sempre por serem descontraídas (quando eu não fazia avarias), conversámos, contámos piadas e, acreditem, isso também ajuda. Acho que isto dos instrutores é caso para uma daquelas frases cliché de "o meu instrutor é melhor que o vosso", não querendo desfazer dos vossos, tá?
Tinha um medo terrível, antes de começar as aulas, dos estacionamentos, porque toda a gente diziam que eram horríveis de fazer. Para meu grande espanto, com as dicas que o meu instrutor me deu, nunca fiz um estacionamento mau. Sim, houve vezes em que lá tinha que puxar um bocadinho mais para aqui ou para ali, mas nisso nunca fui "azelha". Aliás, medos eu tive muitos, mas eu falo-vos mais sobre isso, foram todos vencidos, graças à ajuda do meu instrutor, que se fosse eu, teria tido dias de bradar aos céus! Portanto, apesar de eu lhe ter agradecido pessoalmente no dia em que fui aprovada, mais uma vez digo o meu muito obrigada ao meu instrutor, Mário.
Depois existem também outras coisas, maiores que nós, para as quais não gosto muito de me explicar, mas que são coisas em que acredito. Como sabem, não sou uma pessoa religiosa, mas há coisas em que acredito, que aqueles de quem gostamos que já partiram, estão algures a olhar por nós.
Há muito tempo, quando comecei a tirar a carta, fiz duas promessas a duas pessoas especiais, uma delas já tinha sido feita há mais anos, à minha madrinha e a segunda à minha bisavó no dia em que soube que ia tirar a carta, por um motivo especial. Assim que tiver o carro vou cumpri-las. Cada vez que tinha dias menos bons nas aulas, pensava nelas, no meio da minha licença de aprendizagem, estes meses todos andou uma imagem muito especial no seu interior. E, tenha ou não tido efeito, cada um é livre de acreditar no que quiser, a mim deu-me algum alento e eu acredito que algures, tenham olhado por mim.

Aqui ficam os meus grandes "obrigados" por me ajudarem a concretizar este pequeno-grande sonho :)

Este post é dedicado a:

Alzira G.
Paula M.
Adelaide M.
António M.
Instrutor Mário
Célia
João C.
João M.
Carlos A.
A todas a pessoas que fizeram parte deste meu percurso na escola Segurança Máxima do Caís do Sodré, instrutores de código e simulador, as meninas da secretaria, e alguns amigos que fiz nas aulas e até ao "meu" Toyotazinho (acho que vou ter saudades tuas também).
Foi e, espero, continuará a ser um percurso maravilhoso....


A viagem ainda agora começou....

não comecem já a falar do uso do telemóvel que estava estacionada antes de começar uma aula
E vocês vão todos comigo, no coração!

MUITO OBRIGADA!
já chega de lamechice que tenho que ir ali buscar um pacote de lenços...

2 comentários:

  1. Muitos parabéns! De facto, ter as pessoas certas ao nosso lado ajuda imenso :)

    ResponderEliminar
  2. Olá querida Telma! Fico muito feliz pela tua conquista! Parabéns!!!
    Beijinhos
    http://themarielement.blogspot.pt/

    ResponderEliminar

A sua opinião é importante!
Deixe a sua opinião nos comentários :)

Google Analytics Alternative